Distúrbios de Ansiedade e Depressão impactando na Qualidade de vida

Distúrbios de Ansiedade e depressão impactando na qualidade de vida – e mais do que isto, reduzindo as chances de ter qualidade no envelhecimento.

Tem sido cada vez mais frequente a produção cientifica demonstrando a relação entre doença mental e outras doenças médicas.

Distúrbios de Ansiedade e depressão impactando na qualidade de vida.
Distúrbios de Ansiedade e depressão impactando na qualidade de vida.

Recente congresso de cardiologia na Europa dedicou um tempo para o tema. Sabemos que pessoas que tratam suas doenças (depressão, ansiedades e outras) tem menor impacto cerebral, menos “lesão”, com consequente menor impacto em doenças como demência, tendo menor chance delas ocorrerem.

Recente premio Nobel, na percepção de telômeros, induziu as pesquisas associando diminuição dos mesmos por causas com estressores  emocionais.

Distúrbios de Ansiedade e Depressão impactando na Qualidade de vida

Resultado de imagem para telomeros o que é

Os telômeros  (do grego telos, final, e meros, parte) são estruturas constituídas por fileiras repetitivas de proteínas e DNA não codificante que formam as extremidades dos cromossomos.

Sua principal função é impedir o desgaste do material genético e manter a estabilidade estrutural do cromossoma.

Se perdendo ou diminuindo, resultará em desequilíbrio e doenças. Se manter com sofrimento psíquico resulta em impacto nos mesmos.

Quanto maior o tempo de exposição, maior o impacto. Quando mais rápido chegar ao tratamento psiquiátrico, menor a possibilidade de outras doenças.

Neste aspecto, toda e qualquer resistência a fazê-lo, seja por preconceito ou por outro motivo, leva a ampliar o adoecer.

Muitas vezes supervaloriza-se efeitos colaterais de medicamentos psiquiátricos sem levar em consideração o estrago maior de ficar exposto aos sintomas da patologia.

Um dos sistemas mais afetado é o imunológico, com redução das defesas e consequente aumento na chance de adoecer.

Por outro lado, toda e qualquer atividade preventiva sempre é a melhor opção. Sempre as mesmas recomendações: Sono adequado, não fumar e beber, atividade física e alimentação de qualidade.

Muito se escreve a respeito, modismos são frequentes. Recomendo bom senso e orientação de especialista a respeito.

Velha máxima que para tudo, nem tanto nem tampouco.

Espero que este texto tenha auxiliado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.